domingo, 15 de novembro de 2015

GENGIBRE

O gengibre é uma planta medicinal muito popular na China. É um anti-inflamatório natural que ajuda a combater doenças respiratórias, artrite e problemas digestivos.

Por seu sabor picante e aromático, recomenda-se consumir com moderação e acompanhando outros alimentos. Ele é rico em óleos essenciais, vitaminas, minerais, antioxidantes e aminoá ácidos proporciona muitos benefícios para o corpo humano, tais como:
  1. Diminui reumáticas e cólicas menstruais
  2. É eficaz contra resfriados e gripes, para promover a expectoração
  3. Melhora o fluxo sanguíneo, evitando assim a doença cardiovascular
  4. Elimine tontura e vertigem
  5. É um afrodisíaco natural, para estimular a libido
  6. É um antidepressivo natural
  7. Combate o envelhecimento precoce e reduz os níveis de estresse
  8. Reduz enxaquecas, bloqueando os efeitos de protasgladina
  9. Prevenir o câncer de cólon e de ovário
  10. Ajuda a digestão

Para usufruir dos benefícios do gengibre você pode ingerir através de chás,  sucos, saladas, guisados ​​e sobremesas. 

A única contra-indicação que gera o consumo é o aumento da temperatura corporal, por isso não é recomendado para pacientes com febre e mulheres que estão experimentando os calores típicos da menopausa.  

Cultive Ginger em casa é muito fácil 
Cresce em qualquer lugar, precisa de calor, umidade e não gosta de sol direto,colheita.http://luzinteriorenergiavital.blogspot.com.br/

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Alimentos com Baixo Índice Glicêmico


Frutas com baixo índice glicêmico
As frutas com baixo índice glicêmico são aquelas que não aumentam muito o açúcar no sangue e podem ser maçã, damasco seco, cereja, toranja, pera ou ameixa, por exemplo.

Apesar das frutas terem baixo índice glicêmico para atrasar ainda mais a subida do açúcar no sangue as frutas não devem ser consumidas de forma isolada mas sempre acompanhadas de tostas, bolachas, iogurte ou frutas secas como nozes ou amêndoas.

O Índice Glicêmico
Tatiana Zanin (Nutricionista)
O índice glicêmico é um indicador da velocidade com que o açúcar presente em um alimento alcança a corrente sanguínea. Conhecer este conceito é importante para controlar a glicêmia do sangue, especialmente no caso dos diabéticos, mas também pra quem quer fazer dieta ou pratica esporte.

Quando ingerimos alimentos com carboidratos, como cereais, massa, arroz, batata, frutas, laticínios e legumes, os carboidratos que eles têm entram na corrente sanguínea com diferentes velocidades, por exemplo, se o alimentos também tiverem fibras ou se tiverem um tipo de carboidrato que se chama complexo, a velocidade é mais lenta e, por isso, se diz que têm um índice glicêmico baixo.

Os alimentos estão divididos em três categorias de índice glicêmico:
baixo, quando o índice glicêmico é menor ou igual a 55;
médio, quando o índice glicêmico está entre 56 a 69;
alto, quando o índice glicêmico é maior ou igual a 70.

Carboidratos

Alimentos ricos em Carboidratos Tatiana Zanin (Nutricionista)
Os alimentos ricos em carboidratos, como os pães, cereais, arroz e massas, são uma importante forma de energia para o organismo e, por isso, são muito importantes para uma alimentação saudável.

No entanto, quando consumidos em excesso, os carboidratos aumentam a quantidade de gordura corporal, pois o excesso de carboidratos é armazenado no organismo como gordura.

Assim, é importante não exagerar na ingestão deste tipo de alimentos, mas não se deve excluir estes alimentos da dieta, sendo recomendado comer 200 a 300 gramas de carboidratos por dia, no caso de uma dieta com 2000 calorias diária, por exemplo.

Alimentos ricos em carboidratos simples


Os alimentos ricos em carboidratos simples são considerados os alimentos mais doces e incluem açúcar refinado, pão francês, mel, geleia de frutas, melancia, uva passa, cereais, arroz branco, macarrão cozido sem molho, pipoca ou refrigerantes.

Este tipo de carboidrato não precisa de muito tempo para ser digerido pelo organismo e, por isso, é rapidamente absorvido, produzindo mais cedo uma sensação de fome.

Assim, são considerados alimentos com alto ou moderado índice glicêmico, porque o açúcar deles segue rapidamente para o sangue e, por isso, devem ser evitados pelos diabéticos e por quem tenta emagrecer.

Alimentos ricos em carboidratos complexos
Os alimentos ricos em carboidratos complexos são alimentos menos doces, como cereais integrais, lentilhas, grão de bico, cenoura ou amendoim. 
Os alimentos com carboidratos complexos têm uma digestão mais lenta e, por isso, chegam até o sangue mais lentamente, promovendo saciedade por um período maior. Por isso, são também classificados como alimentos com curva glicêmica baixa ou moderada.
São alimentos ideais para os diabéticos e também durante regime de emagrecimento. Eles são, em geral, mais ricos em vitaminas do complexo B, ferro, fibras e minerais.

Como usar os carboidratos para ganhar massa muscular
Para ganhar massa muscular é importante comer carboidratos complexos ao longo do dia e antes do treino, porque fornecem energia adequada para o exercício, e até 1 hora depois do exercício é recomendado comer algum alimento rico em proteína, como um iogurte, para facilitar a hipertrofia muscular.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Ervas Aromáticas


Capim limão ou erva cidreira - Corta-se a folha rente ao colmo na parte inferior junto ao solo e coloca-se sobre jornais, para que seque à sombra.
As folhas são depois cortadas em pedaços de 5 cm e guardadas em sacos plásticos. Serão usadas em chás.
Erva cidreira brasileira
O óleo essencial contido em folhas e flores contém saponina, citral, cariofileno, carvona e limoneno.
Indica seu uso como fitoterápico como expectorante nas tosses causadas por gripes e resfriados.
É tradicional seu uso como chás na medicina caseira também como calmante e analgésico.
Erva mate 
Uso medicinal do chá mate - As folhas contêm cafeína, mateína e outros elementos químicos, sendo considerada estimulante, excelente para a circulação do sangue, diurética e para facilitar a digestão.Usa-se na forma de infusão e chás.
Uma das formas de comercialização é o chá-de-mate, feito das folhas secas colocadas em saquinhos de folhas secas picadas, consumida como chá normal, em xícaras, adoçado, simples ou com leite.
Para um refresco delicioso, preparar o chá normalmente e levar a gelar, servindo em copos com rodelas de limão.
Cravo da India - é muito empregue em doces em calda, para aromatizar leite na confecção de cremes.
Mas é também muito bom fazer chá com cravos e cascas de maçã, podendo ser consumido quente ou gelado.
O perfume do cravo é proveniente principalmente de um dos componentes, o eugenol.
Também é conhecido como bacteriostático, sendo muito empregue em remédios para uso dentário.
Cerefólio (Anthriscus cerefolium Hoffmann)Mostarda Contém um glicosídeo amargo solúvel em água e a enzima mirosinase.
Tanto os grãos amarelos como os escuros darão origem à mostarda, podendo ser usados misturados.
É usada em molhos e no famoso cachorro quente.
Tem propriedades medicinais, como ajudar na digestão e ser diurética.

Cerefólio - Usam-se as folhas em saladas, para adornar pratos salgados, em molhos e omeletes.
Tem um odor todo particular, que confere sofisticação ao prato mais simples.
Na medicina caseira é considerado diurético.

Fígado Gordo



O sumo do limão contém certa de 500 miligramas de vitamina C e 50 gramas de ácido cítrico por litro. É uma das frutas mais conhecidas e utilizadas no mundo.Em fitoterapia, é usado para patologias como infecções, febres e reumatismo, entre outras. Ele possui uma substância denominada de limoneno capaz de combater os radicais livres.Mas se o limão é capaz de desfazer a gordura nas paredes dos vasos, esse efeito é benéfico não só para a disfunção erétil mas também para a prevenção de doenças cardio vasculares, impedindo que os vasos venham a ficar obstruídos pela deposição ao longo da vida de contínuas camadas de gordura no interior dos vasos sanguíneos, consequência de taxas elevadas de colesterol LDL (O chamado colesterol ruim) e TRIGLICERÌDEOS.

LIMÃO EMAGRECE, EVITA DOENÇAS CARDIO VASCULARES VELHICE, RUGAS E CANCER.
A algum tempo assisti a uma conferência sobre saúde em que o conferencista afirmava que o uso de uma dose de limão diária pela manhã conseguia diminuir a gordura localizada nas artérias desentupindo-as, com isso produzia uma melhora na disfunção erétil, ou seja naqueles que tem dificuldade para conseguir ereção, tendo em vista que a ereção peniana é decorrente de uma maior vascularização de sangue no corpo cavernoso do pênis. Se os vasos sanguíneos encontram-se obstruídos por formação de camadas de gordura nas paredes dos vasos, é natural que isso também se reflita na disfunção erétil.

O limão é originário da região sudeste da Ásia. Parece que os antigos gregos e romanos não conheceram esse fruto. As primeiras referências sobre ele datam do século III ou IV. Ele foi levado da Pérsia pelos conquistadores árabes e se disseminou na Europa.

Existem cerca de 70 variedade de limão. Tem o limão Eureka, o Lisboa, o Lunário, o Galego (mais conhecido), o Siciliano.... O limão se popularizou no Brasil durante a Gripe Espanhola, de 1918.
Em 1742 a marinha britânica usou limões para combater o escorbuto. Mas só em 1928 é que se descobriu que a substância desse fruto podia combater tal doença. Foi batizada de Ácido Ascórbico, vitamina C.

GLÚTEN

A intolerância alimentar é a incapacidade do indivíduo de digerir determinado alimento, sendo causada pela falta da enzima responsável por esse processo. Pode manifestar-se
tanto na infância como na vida adulta através de alterações gastrointestinais comogases, náusea, diarreia ou obstipação.

Vários alimentos ou componentes podem ser responsáveis por intolerâncias. Muitos deles estão presentes em pratos comuns da culinária brasileira, como:

Lactose: açúcar presente no leite e nos derivados;
Glúten: proteína presente em alguns cereais como trigo, centeio e cevada;
Aditivos alimentares: como corantes, conservantes e intensificadores de sabor;
Substâncias naturais: como xantinas e salicilatos, existentes em vegetais, frutas, café e cerveja;
Vinho: principalmente o tinto;
Queijo;
Chocolate.

Alimentos para limpar o fígado

O fígado pode ser considerado como o laboratório químico do corpo, onde é processado todos os nutrientes que ingerimos de modo a remover as toxinas que podem prejudicar a nossa saúde.
Essas toxinas se acumulam gradualmente no corpo, para evitar que isso aconteça e manter o fígado em perfeitas condições, existem alguns alimentos que vão ajudar a eliminar essas toxinas naturalmente e, portanto, deixar nosso corpo mais depurado e limpo.
Alimentos para limpar o fígado

- Alcachofra: Suas propriedades de limpeza são bem conhecidas, e no fígado não poderia ser uma exceção. Portanto, não hesite em incluí-lo em sua dieta regular.
- Alho: Estimula a produção de enzimas para a limpeza do fígado. Dentre seus componentes, podemos encontrar selênio e alicina, que protegem o fígado de danos tóxicos que podem resultar dos produtos químicos que ingerimos.
- Cúrcuma: Ela não apenas protege o nosso fígado, mas pode até mesmo regenerar células danificadas deste órgão. Além disso, aumenta a produção de bílis, contribuindo, assim, para a purificação do nosso corpo.
- Chá Verde: Ele contém catequinas, antioxidantes vegetais que ajudam a prevenir o acúmulo de gordura no fígado (esteatose hepática) e previne o acúmulo de toxinas no mesmo.

- Abacate: Também previne o acúmulo de toxinas e aumenta o poder purificador do fígado. De acordo com especialistas, comer um ou dois abacates por semana durante um mês pode ajudar a reparar o fígado. http://dicassobresaude.com/alimentos-que-ajudam-a-limpar-o-figado/ 

Limpe o seu RINS - SALSA

Os anos passam e os nossos rins estão sempre filtrando o sangue, removendo o sal, veneno e qualquer coisa prejudicial. Com o tempo, o sal acumula precisando de uma limpeza, e ... como fazer?

É muito fácil, primeiro
pegue um ramo de salsa e lave-o bem, em seguida, corte em pedaços pequenos e coloque em uma panela, adicione água limpa (1 litro) ferver por 10 minutos, deixe esfriar, eu deixo em um frasco limpo e coloco-o no refrigerador.
Beber um copo por dia e você vai ver que todo o sal que é um veneno  vai sendo eliminado.

Salsa é conhecida como o melhor tratamento de limpeza para os rins e é natural!

Salsa traicional Medicina Renal
• É um poderoso antioxidante: rejuvenesce a pele
• Contém beta-caroteno
• Rico em sais minerais como cálcio, fósforo, ferro e enxofre.
• Rico em clorofila: combate o mau hálito, ajuda a limpar o corpo das toxinas e excesso de gordura.
• Rico em vitamina C: previne o câncer, doenças cardíacas
e catarata e infecções e ajuda a fortalecer o sistema imunológico do corpo.
• Ser rico em cálcio, é muito dietas adequadas para combater e prevenir a osteoporose durante a menopausa.
É muito benéfico para as crianças e atletas.
• É um diurético: ajuda a eliminar líquidos naturalmente. Para esta qualidade, é usado em dietas para o tratamento de hipertensão e para a saúde dos rins. 
• O alto teor de vitaminas e minerais faz com que seja ideal para combater e prevenir a anemia, anorexia, fraqueza geral, fadiga, física e fadiga mental. 
• Ideal para fortalecer cabelos e unhas. 
• Muito bom para combater problemas de pele. 
• Útil contra úlceras 
• A partir de um líquido oleoso chamado salsa apiol, que é usado contra a malária e neuralgia extraído.
http://luzinteriorenergiavital.blogspot.com.br/

Alimentos alcalinizantes

ESPINAFRE Todos os legumes e verduras devem ser consumidos em abundância, mas de todo o espinafre é um dos melhores, porque eles são fáceis de obter, fácil de usar em receitas, saladas, e eles são deliciosos. Espinafre "bebê" ou aqueles que já as plantas totalmente crescidas são realmente energético, incrivelmente nutritiva e alcalinizantes. Como todos os alimentos verde, espinafre são ricos em clorofila, são um poderoso geração alcalinizante e um precursor de células vermelhas do sangue. 
Eles também têm um teor muito elevado de vitamina K, vitamina A, manganês, ácido fólico, magnésio, ferro vitamina C, vitamina B2, cálcio, potássio, vitamina E e fibra dietética. 

Couve - Se você comer couve duas a três vezes por semana, você vai ver que os seus níveis de acidez da dieta e metabólica para baixo. 
Como no caso de espinafre contém vitamina K, vitamina A e vitamina C é incrível, e sendo composto de teor de clorofila na folha verde é muito alta para ser um grande precursoras de células vermelhas do sangue, aumentando a sua qualidade e quantidade, melhorando a hemoglobina e hematócrito. 
A razão é um poderoso anti-ácido tal, ele contém pelo menos quatro componentes que ajudam ácidos bloco, chamado glucosinolatos. O corpo humano converte glucosinolatos alcalinizantes componentes que protegem os ácidos bloqueio e, portanto, as células do corpo de ácidos metabólicos e nutricionais que são a causa de todas as doenças e enfermidades. 
Além disso, a couve ajuda a níveis mais baixos de colesterol diminui significativamente à medida que os ácidos metabólicos e por sua vez, induzida pela dieta estão liberando colesterol.Deve notar-se que o vapor de couve ingerida é mais eficaz do que o produto em bruto tomado na redução metabólica e ácidos alimentares, e, consequentemente, para manter o colesterol em cheque.

PEPINO - A maravilha é que o conteúdo de água do pepino é de 95%. É fenomenal e não vai encontrar em qualquer outra fruta. Ele é o avô do teor de água alcalina. Isto, naturalmente, faz com que seja um consumo de alimentos altamente hidratante, o que, por sua vez, também tem uma incrível quantidade de antioxidantes, incluindo lignanas super importante. Estes polifenóis altamente benéficos são mais frequentemente associados com vegetais crucíferos, mas o conteúdo de outros vegetais, como no caso do pepino, está ganhando cada vez mais atenção. 

Aves

Aves
Asse as aves inteiras. A melhor maneira de cozinhar frango, peru e outras aves de caça é assá-los inteiros. Isso exige menos preparação e gera os melhores resultados. É a melhor maneira de preparar um frango suculento e saboroso no forno.
Você normalmente pode comprar frangos para assar com 1,5 a 2,5 kg no supermercado, perfeitos para um jantar. Não é preciso desmontá-los antes de assar.
Prepare a ave com salmoura ou marinada. As aves podem ser temperadas de forma simples e assadas no forno sem fazer muita bagunça, mas tirar algum tempo para mariná-las pode fazer a diferença e deixar o prato delicioso. Deixar a ave em uma marinada simples por algumas horas antes de colocá-la no forno ou de um dia para o outro, se quiser mais sabor, é uma ótima maneira de melhorar o sabor da carne.

Damasco é aliado dos olhos e melhora o trânsito intestinal

Damasco é aliado dos olhos e melhora o trânsito intestinal
Fruta também combate as câimbras, controla a pressão arterial e previne o câncer
publicado em 03/11/2014 

Damascos são frutas pequenas, com sabor adocicado e um leve toque de acidez. O damasco é botanicamente relacionado com amêndoa, ameixa, pêssego e nectarina. No Brasil é difícil encontrar o damasco fresco? O damasco é fonte de vários nutrientes incluindo fibras, vitaminas A, C, E, complexo B, potássio, ferro, fósforo, magnésio e antioxidantes como carotenoides e flavonoides. Embora o processo de desidratação reduza o conteúdo de vitaminas solúveis em água e sensíveis ao calor, como a vitamina C, outros nutrientes tornam-se mais concentrados. O damasco seco possui uma concentração de minerais e de vitamina A muito superior à do damasco fresco. Por outro lado 100 gramas da fruta fresca têm 50 calorias enquanto 100 gramas de damasco seco têm 240. 

Fonte de fibras
O damasco é boa fonte de fibra dietética. Ele contém fibras solúveis que ajudam a reduzir os níveis de colesterol, aumentam o bolo fecal, aceleram o trânsito intestinal, previnem a constipação e doenças do cólon como a diverticulose. Uma porção de 100 gramas fornece 7 gramas de fibra. 

Berinjela Refogada

Ingredientes
    1080497 Intro.jpg
  • Beringela
  • Alho
  • Tomate
  • Cebola de cabeça
  • Sal
  • Pimentão verde
  • Azeite de oliva
  • Água
MODO DE PREPARO
  • Corte a beringela em pedacinhos pequenos, com semente e casca e ponha em uma vasilha com água e um pouquinho de sal para não ficar escura e reserve
  • Em uma panela, ponha o tomate, cebola de cabeça, pimentão, alho e o sal tudo picado e deixe refogando no azeite por 10 minutos e depois ponha um pouquinho de água para não ficar seco
  • Por último ponha a beringela e deixe mais 10 minutos e está pronta para servir

Salada de polvo do Olivier Anquier

Ingredientes:
1 polvo fresco
200g de tomate cereja
150ml de azeite
Alho
1 cebola roxa
¼ de maço de hortelã
¼ de maço de tomilho
1 limão taiti
50g de pimenta biquinho
20g de pimenta de cheiro
1 baguete
Sal
Pimenta-do-reino
Sal grosso
Gelo
Modo de preparo:
Lave o polvo em água corrente e em seguida limpe-o esfregando sal grosso, para tirar a gosma da pele. Coloque cubos de gelo em um recipiente e coloque água para ferver em uma panela até borbulhar. Para que o polvo fique firme e conserve uma cor bonita após o cozimento é preciso alternar entre colocá-lo no gelo e na água fervente por cerca de dois minutos. Faça isso, no mínimo, duas vezes e depois deixe cozinhando por 30 minutos com um pouco de sal. Corte os tomates em quatro partes, pique a cebola, quatro dentes de alho e a hortelã. Misture estes ingredientes em um recipiente, colocando também o polvo ainda quente.

Salada de Polvo com Brocolos

Ingredientes:
1 polvo cozido
2 ovos
400g de brocolos
400g de batatas
2 cenouras grandes
Pimenta
Vinagre
Azeite
Salsa
Alho - sal
Preparação:
Coloque o polvo num tacho e deixe cozer mais ao menos 1 hora ou até ficar tenro.
Separe os brócolos em raminhos, corte as batatas em cubos e as cenouras às rodelas.
Num tacho com àgua temperada com sal, leve as batatas, cenouras e os ovos a cozer, atenção para
nao deixar cozer demais.
Coza à parte os raminhos dos brócolos, eu cozi-os a vapor.  Corte o polvo em pedacinhos e coloque numa travessa. Junte as batatas, as cenouras os brócolos, e tempere com pimenta.
Faça o molho, numa taça junte um pouco de azeite, vinagre,sal, salsa picada e alho bem picadinho.
Regue com o molho, e envolva com cuidado, decore com os ovos cozidos e sirva.
http://www.saborintenso.com/f71/salada-polvo-brocolos-41054/

Polvo Assado no Forno

Ingredientes para 4 pessoas:
1 polvo com aproximadamente 1,7 kg
1 kg de batata para assar
2 cebolas cortadas em rodelas meia-lua
2 dentes de alho picados
2 folhas de louro
200 ml de azeite
100g de chouriço sem pele cortado em cubos
1 raminho de salsa atado com um fio
3 tomates maduros sem pele e sem pevides cortado em cubos
1 malagueta
250 ml de vinho branco
Sal  -  Pimenta

Preparação:
1. Num tacho, leve o polvo a cozer em lume muito brando, desta forma o polvo cozerá na sua própria água.
Passado cerca de 1 hora, quando o polvo estiver tenro, apague o lume.
2. Num tabuleiro de ir ao forno, coloque as folhas de louro, a cebola, as tiras de pimento, as batatas, tempere com sal e pimenta.
Por fim, regue com 5 colheres de sopa de azeite e metade do vinho branco.
3. Leve ao forno pré-aquecido nos 180º durante 20 minutos.
4. Numa frigideira, leve ao lume metade do restante azeite, os alhos, a malagueta, os cubos de chouriço e de tomate, o ramo de salsa e deixe refogar ligeiramente, aproximadamente 3 minutos.
Passado os 20 minutos, retire o tabuleiro do forno e com a ajuda de uma escumadeira, afaste as batatas para as bordas.
5. No centro do tabuleiro, coloque o ramo de salsa e o polvo.
Espalhe por cima o refogado, a água de cozer o polvo e o restante vinho.
Rectifique os temperos (sal e pimenta).
Por fim, regue com o restante azeite.
6. Leve novamente ao forno, mantendo a mesma temperatura e deixe assar entre 30 a 40 minutos até as batatas ficarem cozinhas e o molho apuradinho.
Acompanhe com grelos de couve cozidos.
http://www.saborintenso.com/f17/polvo-assado-no-forno-1091/

Feijoada de polvo

Ingredientes para 2 pessoas 
500g feijão vermelho cozido
350g de polvo previamente cozido
1 tomate grande maduro
1 cebola
1 folha de louro
2 dentes de alho
1malagueta seca
½ pimento verde
Sal e pimenta    -    Azeite

Preparação:
Pique grosseiramente a cebola e os dentes de alho. Pele o tomate e corte-o em pedacinhos. Corte também o pimento em cubinhos, e o polvo em pedaços não muito pequenos.
Leve depois um tacho ao lume com um pouco de azeite. Acrescente a cebola, os dentes de alho e a folha de louro e deixe alourar. Junte depois o tomate em cubos, o pimento e a malagueta partida ao meio. Deixe ferver 2 minutos e acrescente o feijão previamente cozido e um pouco de água ou calda da cozedura do feijão. Retifique de sal e pimenta e deixe ferver 10 minutos em lume muito brando.
Junte depois o polvo, envolva bem e deixe cozinhar mais 5 minutos e, se necessário acrescente um pouco mais de água.
Sirva polvilhado com salsa ou coentros picados e com arroz branco.
http://paracozinhar.blogspot.com.br/2014/07/feijoada-de-polvo.html

Polvo com Azeite e Alho


Ingredientes para duas pessoas:
650g de polvo (1 polvo pequeno)
3 dentes de alho
1 cebola
50ml de azeite
Salsa   - Sal e pimenta a gosto

Preparação:
Coza o polvo em água temperada de sal e com uma cebola até que este fique macio. (Se preferir poderá cozer o polvo na panela de pressão cerca de 20 minutos).
Depois de cozido escorra o polvo e corte-o em pequenos pedaços. Reserve.
Entretanto descasque os dentes de alho e lamine-os finamente. Leve-os ao fogo juntamente com o azeite e, assim que os dentes de alho começarem a querer fritar acrescente o polvo em pedaços e deixe saltear alguns minutos em fogo brando. Acrescente a salsa picada, envolva bem e sirva com batatinhas cozidas e couve salteada.
http://paracozinhar.blogspot.com.br/2012/11/polvo-com-azeite-e-alho.html

Arroz de Polvo Malandrinho

Ingredientes para 5 pessoas:
1200g de polvo
1 cebola picada
2 dentes de alhos picados
2 folhas de louro
1dl de azeite
400g de arroz
1 molho de coentros
2 tomates pelados
1 copo de vinho branco
Sal  -   Pimenta

Preparação:
1. Num tacho leve o polvo a cozer, sem água e em fogo baixo entre 50 minutos a 1 hora.  O polvo irá cozer na própria água que vai largando. Depois de cozido corte em pedacinhos.
2. Num tacho faça o refogado com o azeite, a cebola, os alhos e as folhas de louro. Deixe refogar um pouco e junte o tomate cortado em cubinhos. Deixe refogar tudo.
3. Junte o arroz e deixe fritar um pouco. Junte o vinho, a água de cozer o polvo e aproximadamente 0,5L de água. Tempere com sal e pimenta. Deixe cozer 15 minutos.
4. Adicione o polvo. Deixe ferver e junte os coentros picados. Tampe a panela e apague o fogo e deixe assim dois minutos antes de servir.
http://www.saborintenso.com/f17/arroz-polvo-malandrinho-24/

Arroz de Polvo

Para deixar o polvo macio - 3 fatores: 
1- Só temperar depois de cozido, isto é, só botar sal depois de pronto.
2 - Quebrar as fibras -  uma forma de quebrar as fibras é congelá-lo por 48 horas - ele tem que ficar 48 horas no congelador.
3 - O tempo de cozimento certo.

O polvo para ficar macio tem que ter suas fibras quebradas. Como fazer? Existem quatro formas: 
1) Deixar o polvo no congelador por 48 horas.Depois de 48 horas retire-o da geladeira e deixe-o descongelar numa bacia em temperatura ambiente, não ponha água.Quando estiver descongelado coloque-o na panela com água ambiente e depois acenda o fogo e o cozinhe
2) Limpar o polvo e na hora de cozinhar, na panela com água fervente onde ele vai ser cozido, mergulhar o polvo 4 vezes na água quente. Mergulha e tira, mergulha e tira. Esse choque térmico de quente e frio quebra as fibras. Na quarta vez deixa ele cozinhar. Faz o mesmo com a cabeça.
3) Para limpar o polvo, tirar a areia e a gosma é necessário jogá-lo numa bacia e jogar muito sal em cima dele depois é só misturar o sal, massageá-lo, mexer bem, torcer, vai saindo uma água gosmenta, significa que as fibras estão sendo quebradas, esfregue os tentáculos e esprema de cima para baixo, atentando para sair a areia das ventosas depois leve-o bem na água corrente da torneira. Esses gestos quebram a fibra do polvo.
4) Outra forma é pegar o polvo e bater nele com aquele martelo de bater carne. 
Escolha a que melhor lhe convier.

Tempo de cozimento

Salada de Polvo

  • 1/2 kg de polvo fresco
  • 1 cebola média picada
  • cheiro verde (coentro, cebolinha, salsinha, hortelã miúdo) picado
  • meia xícara de vinagre de vinho ou balsâmico
  • 1 pimentão picado
  • 1 tomate picado
  • sal à gosto
  • azeite de oliva à gosto

MODO DE PREPARO

  1. Limpe o polvo, lave em água corrente, depois coloque em uma panela com água fervendo
  2. Retirar todo o vestígio de tinta da cabeça do molusco
  3. Deixe na panela por uns 2 minutos e retire rápido escorrendo tudo
  4. Não deixar muito tempo a fim de evitar que o polvo endureça
  5. Deixe esfriar um pouco
  6. Corte o polvo em pedaços pequenos (cerca de 1 cm), começando pelos tentáculos
  7. Coloque dentro de um recipiente de serviço e adicione os ingredientes misturando-os bem
  8. Coloque sal e distribua o azeite de oliva, sempre mexendo tudo
  9. Leve ao refrigerador até o momento de servir
Sirva preferencialmente com rodelas de pão francês acompanhado por um bom vinho

Pão de queijo

  • 1 xícara de leite
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 colher[sopa]de margarina
  • 1 gema
  • 1 pitada de sal
  • Queijo branco ou muzzarela

Modo de Preparo


  1. Coloque o leite em uma panela, junte a farinha de trigo, a margarina, a gema e o sal, leve ao fogo e mexa bem com um garfo, até soltar a massa da panela
  2. deixe esfriar, faça bolinhas recheie com um pedacinho de queijo
  3. passe em clara de ovo só misturada e na farinha de rosca, frite em óleo bem quente

Condimentos, ervas e especiarias

TIPOS CARACTERÍSTICAS PREPARAÇÕES CULINÁRIAS
Açafrão Apresenta coloração laranja bem escura, aroma forte e sabor agradável, levemente amargo. Pratos à base de frango, peixes e crustáceos, além de pães, biscoitos e arroz.
Aipo Encontrado fresco ou em sementes moídas e misturadas com sal para o preparo do sal de aipo. O aipo ou salsão fresco é utilizado para saladas ou em pratos cozidos à base de peixes, carnes e aves, as folhas são usadas para aromatizar os caldos. O sal de aipo é usado para realçar o sabor das saladas, dos molhos e das sopas.
Alecrim Encontra-se fresco ou seco. Possui coloração verde-escura, sabor refrescante e aroma bastante intenso. Deve ser utilizado em pequenas quantidades. Pratos à base de carnes, aves e peixes, em recheios, pães, nas sopas e em alguns molhos.
Canela É obtida retirando a casca dos galhos de uma árvore de origem chinesa. Pode ser encontrada em pau ou em pó. Tem aroma adocicado e forte. Compotas, picles, pães, bolos, biscoitos, legumes, doces, pratos salgados e salpicada sobre frutas ao forno ou bananas fritas.
Cardamomo Sementes de coloração creme contendo pequenos grãos acinzentados, de aroma forte e doce, que devem ser moídos antes de usar. Pratos de origem indiana, picles, pães e biscoitos, sobre saladas e frutas ou maçãs assadas.
Cebolinha verde Encontra-se fresca em feiras livre e mercados. Muito usada na culinária brasileira como base em diversos pratos. Serve para enfeitar saladas, sopas, legumes cozidos, além de aromatizar omeletes ou queijo fresco.
Cominho É vendido em pó e em grãos. Possui gosto forte, levemente amargo. Em semente, é colocado sobre pães, saladas de batata ou de repolho. Já o cominho em pó é muito usado para temperar feijão, picadinhos e uma série de pratos salgados.
Cravo Encontra-se em pó e inteiro. Tem um aroma doce e forte. Muito usado para doces e compotas, pratos salgados à base de carnes, picles, pães e biscoitos.
Erva-doce Vendida em sementes, encontra-se em supermercados. Seu sabor é semelhante ao do anis. Muito usada em chás, devido às qualidades terapêuticas. Utilizada, também em bolos, biscoitos e pães, e no preparo de linguiças.
Gengibre Raízes inteiras e frescas ou secas e moídas; o aroma é adocicado e penetrante, e o sabor é forte. No preparo de pratos doces e salgados, nas compotas e nos picles e também nas bebidas, como o quentão. Também utilizado na culinária japonesa.
Gergelim Pequenas sementes brancas ou pretas, originárias da Índia, com sabor que lembra o das nozes. Pode ser encontrado em supermercados ou lojas que vendem produtos árabes. No preparo de bolos, pães e pratos chineses ou sírio-libaneses. Serve também para preparar uma espécie de pé de moleque e um óleo de sabor finíssimo.
Hortelã É encontrada geralmente fresca e raramente seca. O aroma é fresco e ligeiramente amargo. Muito usada pelos árabes, entra no preparo do quibe e do tabule, nos molhos para carneiro, nas saladas, nas sobremesas, para aromatizar chocolate, enfeitar coquetéis, refrescos e também como chá.
Louro Folhas verdes, ovais, frescas ou secas. Também pode ser encontrado em pó. É um tempero muito usado na cozinha brasileira, entrando nas marinadas, assados, ensopados, conservas, feijão e até nas sopas.
Manjericão Encontra-se fresco ou seco, tem aroma levemente adocicado, lembrando o da manjerona. Usado com tomates, tanto nos molhos como nas saladas, nas aves, nos peixes, em sopas, carnes de vaca e de vitela.
Mostarda Como tempero, usa-se somente a mostarda em grão. Apresenta-se em dois tipos: escura e clara, sendo esta última a mais difundida, moída ou em grão. Em picles, molhos em geral, recheios para peixes, carnes, e legumes. O elemento básico da mostarda é usado em sanduíches, assados e canapés.
Noz-moscada Encontrada em sementes e em pó. Como todas as especiarias, é preferível moída na hora, para que seu sabor adocicado possa ser mais conservado. Em recheios, molhos tipo bechamel, legumes como a batata e o espinafre, em pratos à base de ovos ou no preparo de pães, biscoitos, bolos, bebidas e coquetéis.
Orégano É encontrado principalmente seco. Possui aroma e paladar que lembram os da manjerona, porém mais fortes. Muito utilizado nas cozinhas italiana, grega e mexicana. Entra no preparo de pizzas, molhos e pratos que levam tomates, além de marinadas, recheios e pratos à base de frango ou de peixe.
Pimenta-vermelha Também conhecida como pimenta-calabresa, é muito picante e deve ser usada com moderação. É encontrada fresca e em conserva. O ideal é conservá-la na geladeira. Em linguiças, ensopados, picles e em qualquer prato que tenha que ficar picante. No Brasil é muito utilizada curtida (em pasta ou em molho) ou fresca e picada, servida juntamente com a comida.
Pimenta-do-reino Apresenta-se em dois tipos: a preta (em grãos ou moída) e a branca, que é nada mais que a preta sem casca (também pode ser encontrada em grãos ou moída). Em quase todos os pratos salgados e inclusive em pratos doces. A branca é usada em pratos mais delicados, pois é menos ardida e menos aromática.
Salsa É vendida fresca, muito saborosa, mas é encontrada também seca e esmigalhada, com sabor pouco acentuado. Para temperar e enfeitar quase todos os pratos salgados. Pode ser utilizada cozida ou crua.
Sálvia Folhas verdes e prateadas, aveludadas e levemente acinzentadas. Encontrada fresca ou seca (folhas inteiras ou em pó) em feiras livre ou supermercados. Em pratos de carnes, aves, peixes, queijos e pães.
Segurelha De sabor forte e picante. Em casas especializadas, encontra-se fresca ou seca. A seca também é encontrada em supermercados. Pode ser usada com ótimos resultados em pratos à base de frango ou de carne, arroz, ovos e legumes. Muito gostosa também com favas e feijão-branco, e ainda sobre saladas, marinadas e molhos.
Tomilho Pode ser encontrado fresco nas feiras livres e supermercados. Tem folhinhas miúdas, de cor verde-escura. Indicado para carnes, aves, peixes, legumes, molhos, sopas, pratos com ovos e queijos.
TEMPEROS SALGADOS

sábado, 18 de julho de 2015

ESCONDIDINHO DE CARNE MOÍDA

ESCONDIDINHO DE CARNE MOÍDA
Ingredientes
·         1 kg de batata;
·         500 g de carne moída;
·         200 g de queijo mussarela;
·         1 fio de azeite;
·         1 cebola;
·         1 dente de alho;
·         Sal e pimenta branca a gosto;
·         Cheiro verde a gosto;
·         ½ copo de leite;
·         2 colheres de manteiga.

PASSO A PASSO
·         Descasque as batatas, corte-as ao meio e cozinhe com água e sal. Depois de cozidas amasse as batatas, adicione o leite, a manteiga, mexa bem até formar um purê e reserve.
·         Em uma panela, adicione o azeite, a cebola, o alho, refogue a carne moída e tempere com sal, pimenta branca e o cheiro verde. Cozinhe até secar a água e reserve.
·         Em um refratário, forre a metade do purê de batatas, uma camada de queijo, a carne moída, o purê e finalize com mais queijo mussarela.
·         Você pode polvilhar com queijo ralado.
·         Leve ao forno para derreter o queijo e retire quando estiver douradinho.

Sopa Paraguaia

Sopa Paraguaia
Ingredientes
·         1L de leite
·         500g de flocos de milho pré-cozido sem sal (vulgo Milharina®)
·         500g de queijo minas padrão ralado (meia cura, caipira)
·         1 xícara de óleo (aproximadamente)
·         4-5 cebolas fatiadas
·         3 ovos
·         1 colher (sopa) de fermento em pó
·         sal e pimenta.
·         Utensílios: forma grande, panela grande.

Modo de fazer:
pré-aqueça o forno em 180ºC e unte a forma. Refogue as cebolas já fatiadas com um pouco do óleo, só para murchar de leve. Não precisa e nem deve ficar dourado. Desligue o fogo.
Se a panela for de tamanho respeitável, junte o leite, o óleo, os ovos, o queijo e misture bem. Misture o fermento com os flocos de milho. Acrescente aos poucos na mistura de cebolas. Acerte o sal e a pimenta.
Transfira para a forma e asse por 45-50 minutos, ou até ficar dourado. Deixe esfriar e sirva.
Dicas
Se usar outro tipo de queijo e/ou de flocos de milho que já possuam sal vá com calma. Queijo meia cura e o caipira já tem uma boa quantidade de sal, a Polentina tem sal, por exemplo.
– O prato fica muito mais gostoso frio e se possível de um dia para o outro. Os sabores se acentuam. No dia seguinte com café é uma delicia. 

segunda-feira, 6 de julho de 2015

BACALHAU DESFIADO

400g de bacalhau desfiado
2 1/2 colheres de sopa de salsa picada
1 cebola média cortada em rodelas finas
1/2 xícara de azeite de oliva
2 batatas médias cortadas em pequenos cubos
3 azeitonas grandes (2 picadas e 1 inteira)
1 ovo

Coloque o bacalhau de véspera na água e na geladeira para tirar o sal.
No dia seguinte, escorra a água, lave rapidamente e coloque numa peneira para continuar a escorrer.
Em uma panela, coloque o azeite de oliva para esquentar em fogo médio/alto – você vai usar o mesmo azeite para fazer todo procedimento, até finalizar o prato. Em seguida, coloque as batatas para fritar no azeite. Quando começarem a dourar, retire-as e coloque-as diretamente em uma tigela e reserve. Não bote em papel toalha para não tirar o azeite que esta nelas.
Abaixe o fogo para médio/baixo e, no mesmo azeite, coloque as cebolas para amolecer e começar dourar. Em seguida coloque o bacalhau e a salsa.
Deixe ferver por 3 a 4 minutos. Diminua o fogo e coloque as azeitonas e o ovo inteiro, misture e, por último, coloque as batatas já fritas. Está pronto!
Faça 1 a 2 horas antes de servir. Esquente e sirva com arroz branco.
Dicas
Depois de pronto, mantenha na mesma panela para que o bacalhau apure o sabor.
já servimos esse bacalhau de entrada em combucas pequenas.

O bacalhau perdeu quase todo o sal quando dessalgamos, então colocamos 3 colheres de cafezinho de sal para compensar. Experimente e veja se precisa.

BACALHAU ao leite

Ingredientes
600g de lombo de bacalhau
4 cebolas descascadas e cortadas em fatias finas
3 tomates maduros cortados em fatias finas e sem caroço
4 batatas descascadas e fatiadas grosseiramente
5 dentes de alho
Salsa
1l de azeite de oliva
Leite suficiente para cobrir o bacalhau na panela (usamos aproximadamente 1l)
5 azeitonas

segunda-feira, 8 de junho de 2015

MASSA Especial para salgados

- 1 k de farinha de trigo                    metade  - 500 gramas farinha de trigo 
- 1 litro e 1/2 de água                                   - 750 ml de água
- 500 ml de leite                                           - 250 ml leite
- 2 tabletes de caldo                                     - 1 tablete de caldo
- 5 colheres de sopa de manteiga                   - 2 1/2 colheres de manteiga
- 1 cebola                                                     - meia cebola
- 1 dente de alho                                           - 1 dente alho
- 1 colher de sopa de sal                                - 1/2 colher de sopa de sal

Empanar
- clara de ovo
- farinha de rosca

Preparação
Numa panela põe um pouco de manteiga, a cebola liquidificada e o alho, doura. Coloca a água e depois o leite, o caldo, a manteiga e o sal até ferver. Ferveu acrescenta a farinha. Mistura para engrossar, até soltar do fundo da panela. 

Retira a massa do fogo, põe na pedra da pia e sova ainda quente até ficar no ponto, não precisa ser com a mão pode ser com uma espátula, mas tem que ser quente
Sova bem pois quanto mais sova mais fica macia, não precisa descansar
Aí é só fazer o risole, a coxinha ou o bolinho


MASSA para Salgado rápido

1/2 k  batata
250 gr de farinha de mandioca fina
1 sache de galinha ou carne

Cozinha a batata e amassa, ainda morna adiciona a farinha de mandioca, mistura bem e o sache de galinha
Abre a massa e coloca o frango ou carne seca com coalho - fecha o bolinho
E põe direto na frigideira com óleo bem quente

sábado, 6 de junho de 2015

Sopa de cebola e alho para curar a gripe

Receita da sopa de cebola e alho para curar a gripe

ingredientes:
2 cebola
2 cabeça de alho
6 ramos de salsa
2 batata
4 folhas de louro
Um pouco de gengibre
Uma colher de chá de orégano
4 colheres de sopa de azeite de oliva

Modo de fazer
Corte a cebola em tiras finas e o alho em pedaços pequenos.
Rale a batata e o gengibre e coloque em uma panela com 3 xícaras de água.
Em seguida, cozinhe até que tudo esteja macio. Desligue e adicione a salsa e o azeite.

Como opção, adicione suco de limão e sal marinho
------------------------------------------------


sexta-feira, 5 de junho de 2015

BOLO Simples

BOLO Simples
Ingredientes
2 xícaras de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo
4 colheres de margarina bem cheias
3 ovos
1 e 1/2 xícara de leite aproximadamente
1 colher (sopa) bem cheia de fermento em pó

MODO DE PREPARO
Bata as claras em neve. Reserve
Bata bem as gemas com a margarina e o açúcar
Acrescente o leite e farinha aos poucos sem parar de bater
Por último agregue as claras em neve e o fermento
Coloque em forma grande de furo central untada e enfarinhada
Asse em forno médio, preaquecido, por aproximadamente 40 minutos

Quando espetar um palito e sair limpo estará assado

Bolo salgado de liquidificador

Receita de bolo salgado de liquidificador

Massa
3 xíc. de chá de farinha de trigo
½ xíc. de chá de óleo
2 colh. de sopa de queijo ralado
1 dente de alho amassado
4 ovos
1 cebola pequena ralada
1 xic.e 1/2 de chá de leite
1 colh. rasa de chá de sal
Margarina para untar

Recheio
1 xíc de presunto ou resto de frios picados, salsicha picada, frango
1 xíc de chá de palmito
½ xíc de chá de ervilha
¼ de xíc de chá de azeitonas verdes picadas
2 colheres de sopa de salsinha picada
1 xic de milho verde(opcional)

Modo de preparo
Junte numa tigela todos os ingredientes do recheio e misture bem.Reserve.
Bata os ingredientes da massa no liquidificador, menos o fermento. Despeje a massa sobre os ingredientes do recheio e junte o fermento.

Unte uma forma de buraco no meio com a margarina, despeje tudo dentro e leve ao fogo pré-aquecido até dourar por mais ou menos uns 40 mts.

Bolo de liquidificador

Receita de bolo de liquidificador
ingredientes
4 unidade(s) de ovo
2 xícara(s) (chá) de açúcar
3 xícara(s) (chá) de farinha de trigo
1 xícara(s) (chá) de margarina
1 xícara(s) (chá) de amido de milho
1 xícara(s) (chá) de leite
1 vidro(s) de leite de coco
1 colher(es) (sopa) de fermento químico em pó

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes do bolo de uma só vez no liquidificador por cerca de 5 minutos;
Coloque em forma de buraco central, untada e enfarinhada e leve para assar em forno médio e pré-aquecido.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

DICAS

DICAS
Esterelizando vidros
Para esterilizar vidros com água fervendo sem que se quebrem, basta colocar uma colher dentro do vidro na hora da fervura.

Fritando bifes
Frite bife sempre um de cada vez, de preferência em frigideira, em fogo alto. Quando se frita bifes todos de uma vez, soltam água e ficam esbranquiçados.

Papel alumínio

O papel alumínio é imprescindível na cozinha. Use-o como cobertura para assados no forno convencional, com o lado brilhante voltado para o assado, pois reflete o calor, propiciando um cozimento mais rápido e profundo. Pode ser utilizado também para embalagens, não sendo, entretanto, muito prático para freezer, pois rasga-se com o manuseio. Não o use em forno de microondas.

PEIXE

Peixe  -  Na hora da compra
– Verifique se as escamas estão brilhantes e bem presas. Outro truque é checar se a carne está firme, o que significa que o peixe foi abatido há pouco tempo.
– Dê preferência aos peixes que estiverem cobertos com o gelo, e não aos que estiverem por cima, expostos e só com um dos lados em contato com o gelo.
– Evite peixes em bandejas que trazem água dentro. Significa que o alimento não foi bem armazenado, o que pode trazer riscos à saúde.

Peixes comprados em postas são ideais para preparar ensopados. Cozinhe na panela ou leve ao forno com os legumes que preferir.

– Se preferir comprar o peixe em filés, o mais indicado é preparar grelhado ou empanado e frito.

Frango - como escolher, congelar e usar?

Frango  - Como escolher
-Quando for comprar frango, cheque se a carne está sem manchas, com consistência firme, a pele inteira e se tem cheiro de fresca.

-No caso de frango congelado, confira se o plástico está intacto e sem cristais de gelo, que podem indicar que o alimento passou por mudança de temperatura brusca.

Para congelar
– Para congelar frango cru e sem tempero, divida em porções, se desejar, e disponha em sacos plásticos próprios para congelamento. Pode durar até 6 meses.
– Quando o frango já estiver temperado, coloque em potes plásticos e leve ao congelador. Pode durar até 4 meses.
Prepare cada parte

Coxa e sobrecoxa: ideal para assados e cozidos.
Peito de frango: é uma carne mais seca, que não tem gordura, e por isso fica ótima grelhada, empanada ou cozida e desfiada.

Asinha e coxinha da asa: perfeito para assar em churrasqueira ou fritar.

Porco - cada corte um cozimento

Porco  - Cada corte, uma receita
– Barriga: prepare temperada e em conserva.
Cabeça: ideal para receitas assadas e cozidas
– Lombinho: perfeito para assar, grelhar e fritar.
– Lombo: carne nobre que pode ser preparada como o lombinho.
– Paleta: faça assada ou em churrascos.
– Perna dianteira: asse ou cozinhe essa parte.
– Pernil: fica uma delícia assado!
– Pés, orelhas e rabo: carnes boas para apurar o sabor de alguns pratos ou como geleia para caldos.

Qual a diferença?
– Toucinho: é a gordura fresca do porco.

– Bacon: é o toucinho fatiado e defumado.